Retorno... Resenha: Os últimos quartetos de Beethoven e outros contos

Olá pessoal, como têm andado? Nós estamos com alguns pequenos “probleminhas” na universidade, e por isso não tivemos muito tempo para atualizar as postagens, mas agora estamos de volta... Devem estar se perguntando o porquê do “nós”... Bom tudo que precisam saber é que eu não sou a Alee, mas uma amiga. Vou ajudá-la nos posts e assim poderemos manter o blog sempre atualizado. Não sabem quem eu sou, e nem precisam saber. Digamos apenas que eu amo ler e que por isso resolvi participar.
ENTÃO VAMOS LÁ!!
Hoje vou falar sobre um autor em especial. Eu particularmente o adoro... quem pode não amar Luis Fernando Veríssimo? Bom, tudo que posso dizer é que ele é genial, nunca escrevi alguém que soubesse escrever tão bem uma crônica! Quem nunca leu irá se surpreender... Mas recentemente comprei um livro dele, que diferente dos outros que tenho esse não é de crônica, mas sim de contos. E chama-se Os últimos quartetos de Beethoven e outros contos, e acreditem é simplesmente incrível. O livro é da Editora Objetiva. Não ou revelar todo ele porque vocês vão ter de descobrir o quanto ele é bom por vocês mesmos, e se não gostarem (o que eu honestamente acho impossível), só vão poder falar dele depois de lê-lo. Mas vou escrever sobre um conto em especial, que é pra vocês sentirem um pouco do que é o livro todo... Divirtam-se...
O PÔSTER
Vocês já se perguntaram quantos sacrifícios estariam dispostos a fazer para subir na vida e conquistar aquilo que sempre desejaram? Até onde iriam pela sua carreira?
João está nesse impasse, até onde ele iria? João realmente precisa ficar com a vaga que era do Valtinho... Mas a qual preço?
João e Maria são casados, têm a mesma idade, quase 30. O chefe de João está indo para um jantar na casa deles. Ele quer jantar com todos os candidatos à vaga, quer conhece-los melhor, mas João é o primeiro. Obviamente tem a preferência. Mas para tudo dar certo Maria tem de cooperar, não é? Afinal pra que servem as esposas?
O jantar tem de ser perfeito. Bacalhau com creme... Será que ele gosta? Vinho branco. Esconder o pôster do Che (afinal o chefe pode ter uma impressão errada). Será que deveria esconder os livros do Picasso e do Francis Bacon também? E os CD’s? Mercedes Sosa? Por que será que a Maria não entende? Por que não me ajuda? Ela está ali reclamando que esconder as coisas não é certo. E é certo perder um emprego onde eu ganharia o dobro? A vida exige sacrifícios.
E essa roupa da Maria? Ela vai recebê-lo com isso? Parece uma freira... Por que não coloca aquele com o decote? O preto? “Você quer que o André veja meus seios?” ela pergunta... Será que ela não entende que só quero que ela esteja bonita? Se ela é tão bonita, por que não me aproveitar disso? São só seios... Seios bonitos, que mal pode fazer? “E se o André quiser testar os meus seios?” ela pergunta... Bom ela deve estar pronta a fazer sacrifícios pelo nosso futuro. Há outros candidatos para a vaga. Isso é uma guerra, e precisamos de todas as nossas armas.
Ele chegou, está subindo. Ele não sabe que João é casado e fica visivelmente surpreso ao conhecer Maria. Maria serve o jantar, André conversa com João, pergunta o porquê de ele não usar a aliança. Ele teve de cortar a aliança quando fraturou a mão. Esse é um detalhe importante. “A falta de aliança pode destruir um sonho...” diz André. Ao abrir o vinho André machuca a mão, precisa ir ao banheiro. Enquanto isso o casal conversa na cozinha. Maria atenta para o fato de que o vestido com decote não seria realmente necessário, visto que André estava visivelmente afim de João. “Você é que desse se perguntar que sacrifício está disposto a fazer para ganhar esta guerra, João” diz Maria.
André voltou do banheiro. Diz ter entrado na porta errada e viu o pôster do Che. Igualzinho a o que ele tem em casa. Não era necessário tê-lo escondido afinal de contas? Sentam-se a mesa. João sente o joelho de André encostar no seu. Não afasta a perna.

....
Se quiserem saber mais sobre os outros contos, leiam o livro! Vocês não vão se arrepender!!

BEIJINHOS!

Share this:

JOIN CONVERSATION

4 comentários :

  1. Parece mesmo um livro muito bom, mas vindo do tio Luis, não era de se esperar menos. João está indo longe demais D:

    ResponderExcluir
  2. Realmente, pareceu muito legal, fiquei muito curioso =]

    ResponderExcluir